terça-feira, 29 de julho de 2008

Mudanças embaladas - Aliança FC

E o primeiro torneio disputado foi no mesmo ano, com o Campeonato Goiano de Futebol Feminino Adulto, quando o time ficou com a 3ª posição. Esbanjando ânimo, o clube foi registrado na Federação Goiana de Futsal, em 1992, assim como foi criado o departamento de caratê-do tradicional.

Foi a época de mudança. Na verdade, era nada mais que o cumprimento do antigo estatuto, elaborado na época de Chefire e sua turma. Mas os rumos se alteraram depois que a esposa de Luiz, Patrícia, assumiu o comando do clube. Eleita em 1994, ela foi a primeira mulher a assumir um clube de futebol em Goiás e chegou para dar uma nova identidade ao Aliança. Em outubro de 1995, o estatuto foi alterado e ao amarelo e preto passou a ser a cor oficial, com a primeira camisa listrada verticalmente, calções pretos e meias pretas. Na camisa reserva, a principal cor era o amarelo, com detalhes pretos. O calção passou a ser amarelo, assim como os meiões.

A sede também mudou. Da Vila Abajá, a central do clube foi para a Rua Antônio Accioly, onde fica o estádio do Atlético, que é cercado por outras duas vias. O novo local não era desconhecido e tratava-se de um quarto, na casa da mãe de Patrícia. Depois que ela se casou com Luiz Cezar, o cômodo ficou desocupado. Com uma simples reforma, uma porta foi virada para o quintal e passou a receber o escritório do Aliança.

2 comentários:

Maria Cristina disse...

vou entrar para esse time hehehehe lembra como eu bato bem um balaozinho kkkk

Tiago Bênia disse...

Uai, Maria... talvez você possa jogar no gol. É uma posição que sempre precisa de gente.

Hehehehe

Abraço!